Myaccount

Man United interrompe série de vitórias do Liverpool e Man City fecha a brecha

Usando os dados da Opta, analisamos os fatos por trás dos maiores jogos da Premier League, quando a série de vitórias do Liverpool chegou ao fim.

 

O início da temporada do Liverpool, líder da Premier League, foi interrompido quando empatou em 1 x 1 com o rival Manchester United, no domingo.

O objetivo contencioso de Marcus Rashford parecia acertar todos os três pontos pelo United no confronto em Old Trafford, mas o substituto Adam Lallana elevou o nível do Liverpool mais tarde.

Os Reds ainda estão invictos no campeonato nesta temporada e lideram o caminho, embora a vitória do Manchester City contra o Crystal Palace no sábado signifique que a diferença agora é de seis pontos.

Enquanto isso, Mauricio Pochettino não ficará satisfeito com outra exibição não convincente do Tottenham, apesar de Dele Alli ter resgatado um ponto pelo Spurs contra o Watford.

O Chelsea venceu o Newcastle United, enquanto o Leicester City voltou à pista vitoriosa após o desgosto em Anfield.

O Everton, de Marco Silva, conquistou uma vitória muito necessária sobre o West Ham, com o Aston Villa derrotando Brighton and Hove Albion no final. Os lobos empataram com Southampton e o Norwich City realizou o Bournemouth nos outros encontros de sábado.

Nosso Diário de Dados da Premier League lança alguma luz sobre os detalhes por trás das grandes histórias dos grandes jogos deste fim de semana.

 

DEZESSETE E FORA PARA LIVERPOOL

Lallana pode ter marcado seu primeiro gol na liga desde maio de 2017, mas foi o suficiente para conquistar o Liverpool com um empate em 1 x 1 em Old Trafford, já que os Reds não conseguiram vencer pela primeira vez em 18 partidas da Premier League.

Isso significa que, com 17 vitórias consecutivas, os líderes de primeira divisão ficam aquém do recorde da Premier League estabelecido pelo City em 2017.

Jurgen Klopp ficou furioso com a abertura de Rashford, embora o gol signifique que o atacante inglês já marcou 11 vezes contra os “seis grandes” adversários.

Cinco dos últimos sete encontros da Premier League entre os rivais do noroeste terminaram o nível – apenas quatro dos 36 encontros anteriores foram sorteados.

JESUS SE LEVA AO DESAFIO QUANDO A CITY VOLTA

O deslize do City antes do intervalo internacional permitiu ao Liverpool abrir uma diferença de oito pontos, mas a equipe de Pep Guardiola respondeu de maneira confiante no sábado.

Gabriel Jesus marcou seu gol na 50ª cidade para colocar os campeões à frente no Selhurst Park, com o internacional brasileiro se tornando o sétimo jogador a alcançar esse marco ao ser treinado por Guardiola, juntando-se a Lionel Messi, Robert Lewandowski, Sergio Aguero, Raheem Sterling, Thomas Muller e Pedro em uma lista ilustre.

David Silva acrescentou o segundo do City, apenas 93 segundos após a abertura de Jesus, quando o Palace sucumbiu à décima derrota em casa desde o início da temporada passada.

O City venceu 12 de seus 14 jogos fora da Premier League em 2019, três a mais do que qualquer outro clube neste ano, enquanto em todas as competições ganhou 16 de seus 19 encontros anteriores com o Palace, marcando 47 gols.

Jesus esteve diretamente envolvido em 58 gols em suas 64 partidas em todas as competições do clube, incluindo marcar 21 em seus últimos 20 jogos ao aparecer no XI inicial.

ALLI SALVA UM PONTO POR SPURS

Uma confusão entre Kiko Femenia e Ben Foster pode ter permitido a Alli recuperar um ponto para o Tottenham contra o Watford, mas o Spurs venceu apenas três dos seus últimos 12 jogos na Premier League, mantendo apenas uma folha limpa nesses jogos.

Watford achou que o primeiro golo de Abdoulaye Doucoure seria suficiente, mas o Hornets continua sem vitórias na Premier League nesta temporada, não conseguindo vencer os nove primeiros jogos pela primeira vez desde 2006-07, quando terminou em último.

O Spurs fez sete alterações no XI inicial para esta partida, com Alli recompensando Pochettino por sua fé ao marcar seu quinto gol na liga contra o Watford.

Watford perdeu Danny Welbeck por lesão no quarto minuto – a primeira substituição de um jogador iniciante em uma partida da Premier League desde Daniel Sturridge pelo West Brom contra o Chelsea em fevereiro de 2018.

É… JAMIE VARDY

Após a derrota tardia em Anfield, o Leicester voltou às vitórias com uma vitória por 2-1 sobre o Burnley, apesar de ter sido um triunfo não sem controvérsia, já que a equipe de Sean Dyche teve um gol tardio desaprovado pelo VAR.

Jamie Vardy cancelou o jogo de abertura de Chris Wood, cruzando para casa um cruzamento de Harvey Barnes, que mais tarde se tornou o segundo jogador mais jovem a prestar duas assistências em um jogo da Premier League pelo Fox, quando ele venceu o vencedor de Youri Tielemans.

Desde o primeiro jogo de Brendan Rodgers na Premier League, no comando do Leicester, em 3 de março, Vardy marcou 15 gols na primeira divisão – dois a mais do que qualquer outro jogador.

O Leicester em forma venceu quatro partidas consecutivas em casa na Premier League pela primeira vez desde que venceu cinco consecutivas em maio de 2017, enquanto o Clarets ganhou apenas 16 vezes dos 100 jogos fora de Burnley na primeira divisão.

GRÁTIS PARA JOGAR - GRÁTIS PARA TE JUNTAR

Crie equipes, colecione jogadores e ganhe competições
INSCREVA-TE AGORA!
Web
Analytics
%d bloggers like this: